Perspectivas do planejamento sob o ponto de vista dos profissionais da Estratégia Saúde da Família.
PDF

Como Citar

Ribeiro, P. da C., Pedrosa, J. I. dos S., Nogueira, L. T., & Sousa, M. F. de. (2015). Perspectivas do planejamento sob o ponto de vista dos profissionais da Estratégia Saúde da Família. Tempus – Actas De Saúde Coletiva, 8(4), Pág. 269-285. https://doi.org/10.18569/tempus.v8i4.1597

Resumo

O artigo analisa similaridades e divergências do diagnóstico comunitário no âmbito do Planejamento local das equipes saúde da família em Teresina. Fundamentou-se em estudo de caso e grupo focal com equipes pertencentes a uma mesma base territorial, envolvendo hospital, centro de saúde da zona urbana e rural. Discutem-se três dimensões analíticas: Processo de planejamento, diagnóstico no planejamento das equipes de saúde e facilidades/limites. Evidenciou-se que o planejamento é incipiente, imediatista, individualizado e insatisfatório às necessidades da demanda. As intervenções dos atores sociais não implicaram ações sustentáveis, reflexo da verticalidade dos programas e de distorções no processo de implantação das equipes. Urge dos gestores vigilância para com o alicerce organizacional da atenção básica, que é o diagnóstico, além de implementar estratégias para a saúde do homem, do adolescente, acamados e cuidadores e educação coletiva, eixos negligenciados.
https://doi.org/10.18569/tempus.v8i4.1597
PDF