A mulher camponesa e suas lutas pelo direito à saúde.

Autores

  • Noemi Margarida Krefta Integrante do Movimento de Mulheres Camponesas; representante no Grupo da Terra; participante do Grupo Gestor do Observatório da Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo, da Floresta e das Águas.

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v8i2.1525

Resumo

Pensar e construir uma política de saúde para os povos do campo, da floresta e das águas tem sido um desafio de vários anos. Em 2004, com a instituição do Grupo da Terra, foi iniciado o debate e a construção de cada passo da Política Nacional de Saúde Integral da População do Campo, Floresta e Águas (PNSIPCFA). Naquela ocasião, os Movimentos Sociais Populares foram convocados para dar sua contribuição, o que foi importante, pois nada mais justo do que ter como protagonista da política aqueles que vivem a realidade em questão.

Downloads

Publicado

2014-06-29

Como Citar

Krefta, N. M. (2014). A mulher camponesa e suas lutas pelo direito à saúde. Tempus – Actas De Saúde Coletiva, 8(2), Pág. 295-296. https://doi.org/10.18569/tempus.v8i2.1525

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)