Apoio à parturiente por acompanhante de sua escolha em maternidade brasileira: ensaio clínico controlado randomizado

Autores

  • Odaléa Maria Bruggemann
  • Mary Angela Parpinelli
  • Maria José Duarte Osis
  • José Guilherme Cecatti
  • Antônio dos Santos Carvalhinho Neto

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v4i4.843

Resumo

O apoio por acompanhante de escolha da parturiente é uma das recomendações da Organização Mundial da Saúde. Trata-se de um relato de experiência acerca da realização de um ensaio clínico controlado randomizado, que objetivou conhecer a influência deste provedor de apoio sobre a satisfação da mulher com a experiência do trabalho de parto/parto e sobre os resultados maternos, perinatais e de aleitamento, nas primeiras 12 horas após o parto. Foi realizado em um hospital da Universidade Estadual de Campinas, de fevereiro/2004 a março/2005 com uma amostra de 212 primíparas (105 no grupo de intervenção - com acompanhante e 107 no de controle - sem acompanhante). Para análise estatística utilizou-se os testes t de Student ou Wilcoxon, Qui-quadrado ou exato de Fisher, razões de risco e intervalos de confiança a 95% e escala tipo Likert. Os resultados foram publicados no artigo Support to woman by a companion of her choice during childbirth: a randomized controlled trial na revista Reproductive Health, em 2007. As parturientes do grupo de intervenção tiveram maior satisfação global com a experiência do trabalho de parto/parto do que as do grupo-controle. Dos eventos do trabalho de parto/parto analisados, apenas a ocorrência de líquido meconial foi significativamente menor no grupo de intervenção, o que pode ter sido decorrente do contexto assistencial em que a pesquisa foi realizada. Esse estudo representa uma importante contribuição para a implementação da legislação atualmente em vigor no Brasil, conhecida como “Lei do acompanhante”.

Downloads

Publicado

2010-12-29