Os desafios de uma filosofia para a humanização do parto e do nascimento

Autores

  • Marcos Leite dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v4i4.829

Palavras-chave:

Obstetrícia. Filosofia. Parto e Nascimento. Práticas Baseadas em Evidências Científicas. Parto Humanizado.

Resumo

Parto e nascimento sempre foram considerados “coisas de mulher”, mas a partir do século XVII o homem adentrou esse universo, construindo a Obstetrícia como uma ciência sob a ótica masculina. O artigo aborda a construção histórica dessa ciência e traz reflexões para reorientar essa prática, identificando os desafios que se apresentam na busca de uma atenção humanizada, com base em evidências científicas e em equilíbrio com a natureza feminina e do planeta.

Downloads

Publicado

2010-12-29