Confiabilidade entre Avaliadores da Versão Brasileira da Entrevista de Eventos de Vida Recentes de Paykel em uma sub-amostra de um estudo de base populacional.

Autores

  • Tania C Marinho Psychiatrist Institutional affiliation: University of São Paulo Medical School.
  • Gabriel Graça de Oliveira Department of Clinical Medicine, Faculdade de Medicina, Universidade de Brasília, Campus Darcy Ribeiro, Asa Norte, Brasília – DF, CEP 70910-900,
  • Paulo R Menezes

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v11i1.2377

Palavras-chave:

confiabilidade entre avaliadores – Paykel – Kappa ponderado – eventos de vida.

Resumo

Introdução A Entrevista para Eventos de Vida Recentes (EEVR) de Paykel é um dos instrumentos mais utilizados para acessar os eventos de vida e suas relações com o início e manutenção da doença. O objetivo deste estudo foi avaliar a confiabilidade entre-avaliadores da versão brasileira desta entrevista no campo de um estudo caso-controle de base populacional de primeiros episódios psicóticos no Brasil, considerando-se eventos independentes e graves, os mais frequentemente analisados em pesquisas em Psiquiatria. Método Quinze casos de primeiro episódio psicótico e 26 controles da população geral foram avaliados simultaneamente por dois entrevistadores, usando a EEVR. A concordância foi avaliada através da porcentagem de concordância e do kappa ponderado (kp). Resultados Houve excelente concordância para ocorrência de eventos (kw=0.90) e mês de ocorrência (kw=0.96), e concordância moderada para independência (kw=0.51) e impacto objetivo negativo(kw=0.68). Quando apenas os eventos independentes e graves foram considerados, observou-se valores muito baixos de kappa ponderado, contrastando com altos valores de porcentagem de concordância. Conclusões Os resultados indicam níveis satisfatórios de confiabilidade, comparáveis aos encontrados na literatura internacional. O uso do Kappa ponderado resulta em uma estimativa mais adequada da confiabilidade, porém amostras maiores são necessárias para estimar concordância por categoria de eventos.

Referências

Paykel ES. The evolution of life events research in psychiatry. J Affect Disord. 2001; 62: 141-149.

Paykel ES. The interview for recent life events. Psychol Med. 1997; 27: 301-310.

Paykel ES. Methodological aspects of life events research. J Psychosom Res. 1983; 27: 341-352.

Cooke DJ. The reliability of a brief life event interview. J Psychosom Res. 1985; 29: 361-365.

Baratta S, Colorio C, Zimmerman-Tansella C. Inter-rater reliability of the Italian version of the Paykel Scale of Stressful Life Events. J Affect Disord. 1985; 8: 279-282.

Oliveira GG, Fonseca PP, Del Porto JA. Inter-rater reliability of the Brazilian version of the Paykel scale of stressful life events. Psychopathology. 2003; 36: 320-323.

Dunn G. Design and analysis of reliability studies. In: Hodder, Stoughton editors. The statistical evaluation of measurements errors. New York: Oxford University Press; 1989.

Oliveira GG, Pinto Fonseca P, Del Porto JA. Versão brasileira da entrevista de Paykel para eventos de vida recentes. Rev Bras Terap Comport Cogn. 2002; 4: 47-61.

Ayres AM, Busatto G, Menezes PR, Schaufelberger MS, Coutinho L, Murray RM, McGuire PK, Rushe T, Scazufca M. Cognitive deficits in first-episode psychosis: A population-based study in São Paulo, Brazil. Schizophr Res 2007; 90: 338-343.

Cohen J. Weighted kappa: nominal scale agreement with provision for scale disagreement or partial credit. Psychol Bull. 1968; 70: 213-220.

Landis JR, Koch GG. The measurement of observer agreement for categorical data. Biometrics. 1977; 33: 159-174.

Publicado

2017-11-13