Fatores associados à violência conjugal em um grupo de mulheres no município de João Pessoa – Paraíba

Autores

  • Jackeline Abílio de Souza Universidade Federal da Paraíba
  • Ana Tereza de Medeiros Universidade Federal da Paraíba
  • Ulisses Umbelino dos Anjos Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v10i2.1713

Palavras-chave:

Violência contra a Mulher, Causalidade, Identidade de Gênero,

Resumo

O estudo objetivou investigar fatores associados à violência conjugal em um grupo de mulheres no município de João Pessoa-PB. Para atender ao objetivo, realizou-se uma pesquisa do tipo analítico, com abordagem quantitativa, cuja ferramenta de análise estatística dos dados foi a Regressão Logística. O local do estudo correspondeu à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher do município de João Pessoa, onde foi selecionada, por conveniência, no período compreendido entre abril e agosto de 2012, uma amostra de 291 mulheres maiores de 18 anos, das quais 206 sofreram violência conjugal e 85 não sofreram violência conjugal a menos de um ano. As variáveis relacionadas às características pessoais, sociais e econômicas dos sujeitos do estudo foram identificadas no questionário aplicado às mulheres e utilizadas para a obtenção do modelo probabilístico final. Os resultados demonstraram que a situação da mulher ter sofrido violência anterior aumenta a chance de ser violentada novamente quase cinco vezes. Além disso, ser aposentada ou pensionista diminui a chance de a mulher sofrer agressão em quase nove vezes. No que tange aos homens, quando eles têm renda menor que dois salários mínimos e meio e têm história de violência na família, a chance de eles praticarem a violência contra a parceira aumenta em duas vezes. A chance de praticar a agressão diminui em quase duas vezes quando o homem é casado. Esses resultados indicam que a violência conjugal é um fenômeno complexo cuja ocorrência encontra-se associada a fatores de ordem pessoal, social, econômica e cultural.

Biografia do Autor

Jackeline Abílio de Souza, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Especialista em Saúde da Família com ênfase na implantação das linhas de cuidado. Mestra e Doutoranda em Modelos de Decisão e Saúde.

Ana Tereza de Medeiros, Universidade Federal da Paraíba

Doutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem em Saúde Pública e Psiquiatria da UFPB.

Ulisses Umbelino dos Anjos, Universidade Federal da Paraíba

Doutor em Estatística. Docente do Programa de Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde da UFPB.

Referências

Ministério da Saúde (BR). Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres. Plano Nacional: diálogos sobre violência doméstica e de gênero: construindo políticas públicas. Brasília (DF): MS; 2003 [cited 2011 June 25]. [Internet]. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/livro.pdf

Souza JA, Silva ATMC, Almeida RA, Faustino, WM. Impacto da violência doméstica na saúde mental de mulheres em João Pessoa. In: Colóquio “Violência doméstica sobre mulheres: respostas, dilemas e desafios”, 2011 Oct 28; Coimbra, Portugal. Coimbra: Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; 2011. Sala 2.3.

Monteiro CFS, Souza IEO. Vivência da violência conjugal: fatos do cotidiano. Texto contexto – enferm [Internet]. 2007[cited 2011 June 25]; 16(1):26-31. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-07072007000100003&script=sci_arttext

Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Repercussão da Violência na Saúde das Populações Americanas. 44º Conselho Diretor; 55ª Sessão do Comitê Regional. Washington: OPAS; 2003 [cited 2011 June 25]. Available from: http://iris.paho.org/xmlui/bitstream/handle/123456789/246/cd44-r13-p.pdf?sequence=4

Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Relatório Final. 48º conselho diretor, 60ª sessão do comitê regional. Washington: OPAS; 2008 [cited 2011 June 25]. Available from: http://new.paho.org/hq/dmdocuments/2009/cd48-fr-p.pdf

Hosmer DW, Lemeshow S. Applied Logistic Regression. 2nd ed. New York: J.Wiley & Sons, 2000.

Montenegro SG. Modelo de Regressão Logística ordinal em dados categóricos na área da ergonomia experimental. João Pessoa: UFPB, 2009.

Triola MF. Introdução à Estatística. 10 ed. Tradução: Vera Regina Lima de Farias e Flores. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

Sheather SJ. A modern Approach to regression with R. Texas: Springer, 2009.

Montgomery DC, Peck EA, Vining GG. Introduction to linear regression analysis. 3 ed. New Delhi: Wiley, 2003.

Paula GA. Modelos de Regressão com apoio computacional. São Paulo: USP, 2010.

Cordeiro GM, Neto EAL. Modelos Paramétricos. Pernambuco: UFRPE, 2004.

Ryan TP. Modern Regression Methods. 2 ed. New Jersey: Wiley, 2009.

Agresti A. Categorical Data Analysis. 2 ed. New Jersey: Wiley, 2002.

Hair JFJ, Anderson RE, Tatham RL, Black WC. Análise multivariada de dados. Tradução: Adonai Schlup Sant’Anna Anselmo Chaves Neto. 6 ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

Devore JL. Probabilidade e estatística: para engenharia e ciências. Tradução: Joaquim Pinheiro Nunes da Silva. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

Ministério da Saúde (BR). Conselho Nacional de Saúde. Resolução CNS nº 466, de 12 de dezembro de 2012: diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo. Brasília (DF): MS; 2012 [cited 2013 Jul 19]. Available from: http://conselho.saude.gov.br/ultimas_noticias/2013/06_jun_14_publicada_resolucao.html

Leite FMC, Bravim LR, Lima EFA, Primo CC. Violência contra a mulher: caracterizando a vítima, a agressão e o autor. J. res.: fundam. care. online [Internet]. 2015 [cited 2015 Aug 15]; 7(1):2181-2191. Available from: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3464/pdf_1474

Kronbauer JFD, Meneghel SN. Perfil da violência de gênero perpetrada por Companheiro. Rev. Saúde Pública [Internet]. 2005 [cited 2011 June 25]: 39(5):695-701. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-89102005000500001&script=sci_arttext

Galvão EF, Andrade SM. Violência contra a mulher: análise de casos atendidos em serviço de atenção à mulher em município do Sul do Brasil. Saúde e Sociedade [Internet]. 2004 [cited 2011 June 25]; 13(2):89-99. Available from: http://www.scielo.br/pdf/sausoc/v13n2/09.pdf

Moura MAV, Netto LA, Souza MHN. Perfil sociodemográfico de mulheres em situação de violência assistidas nas delegacias especializadas. Esc Anna Nery [Internet]. 2012 [cited 2015 Aug 15]; 16(3):435 – 442. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-81452012000300002&script=sci_arttext

Stoeckl H, Heise L, Watts C. What puts women at risk for partner violence? Factors associated with violence by a current partner in a nationally representative sample of german women. Injury Prevention [Internet]. 2010 [cited 2011 June 25];16(Suppl 1):244-A245. Available from: http://injuryprevention.bmj.com/content/16/Suppl_1/A244.3.full.pdf+html

D'Oliveira FPL, Schraiber LB, França-Junior I, Ludermir AB, Portella AP, Diniz CS, et al. Fatores associados à violência por parceiro íntimo em mulheres brasileiras. Rev. Saúde Pública [Internet]. 2009 [cited 2011 June 25];43(2):299-310. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-89102009000200011&script=sci_arttext

Organização Mundial de Saúde (OMS). Estudo multicêntrico da OMS sobre saúde e violência doméstica contra a mulher. Ginebra: OMS; 2005 [cited 2011 June 25]. [Internet] Available from: http://www.who.int/gender/violence/who_multicountry_study/summary_report/summaryreportSpanishlow.pdf

Acosta DF, Gomes VLO, Barlem ELD. Perfil das ocorrências policiais de violência contra a mulher. Acta Paul Enferm[Internet]. 2013 [cited 2015 Aug 15]; 26(6):547-53. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002013000600007

Vieira LJES, Pordeus AMJ, Ferreira RC, Moreira DP, Maia PB, Saviolli KC. Fatores de risco para violência contra a mulher no contexto doméstico e coletivo. Saúde soc [Internet]. 2008 [cited 2011 June 25];17(3):113-125. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902008000300012

Murphy E, Ringheim K. Reproductive Health, Gender and Human Rights: A Dialogue. Washington (DC): PATH; 2001 [cited 2011 June 25].[Internet] Available from: http://www.path.org/publications/files/RH-GHR-Dialogue.pdf

Monteiro CFS, Araújo TME, Nunes BMVT, Lustosa AR, Bezerra CMJ. A violência contra a mulher atendida em unidade de urgência: uma contribuição da enfermagem. Esc Anna Nery R Enferm [Internet]. 2006 [cited 2011 June 25];10(2):273-9. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452006000200015

Schraiber LB, d' Oliveira ANPL, Portella AP, Menicucci E. Violência de gênero no campo da Saúde Coletiva: conquistas e desafios. Ciência & Saúde Coletiva [Internet]. 2009 [cited 2011 June 25];14(4):1019-1027. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232009000400009&script=sci_arttext

Gomes NP, Freire NM. Vivência de violência familiar: homens que violentam suas companheiras. Rev bras enferm [Internet]. 2005 [cited 2011 June 25];58(2):179-179. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-71672005000200009&script=sci_arttext

Durand JG, Schraiber LB, França-Junior I, Barros C. Repercussão da exposição à violência por parceiro íntimo no comportamento dos filhos. Rev Saúde Pública [Internet]. 2011[cited 2015 Aug 15];45(2):355-64. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v45n2/1940.pdf

Butchart A, Phinney A, Check P, Villaveces A. Preventing violence: a guide to implementing the recommendations of the World Report on Violence and Health. Geneva: World Health Organization; 2004 [cited 2011 June 25].[Internet] Available from: http://www.who.int/violence_injury_prevention/media/news/08_09_2004/en/

Gadoni-Costa LM, Zucatti APN, Dell’Aglio DD. Violência contra a mulher: levantamento dos casos atendidos no setor de psicologia de uma delegacia para a mulher. Estudos de Psicologia [Internet]. 2011[cited 2015 Aug 15];28(2): 219-227. Available from: http://www.scielo.br/pdf/estpsi/v28n2/09.pdf

Griebler CN, Borges JL. Violência Contra a Mulher: Perfil dos Envolvidos em Boletins de Ocorrência da Lei Maria da Penha. Psico [Internet]. 2013 [cited 2015 Aug 15]; 44(2): 215-225. Available from: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/11463/9640

Labronici LM, Ferraz MIR, Trigueiro TH, Fegadoli D. Perfil da violência contra mulheres atendidas na pousada de Maria. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2010 [cited 2015 Aug 15];44 (1): 126-33. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v44n1/a18v44n1.pdf

Sorenson SB, Upchurch DM, Shen H. Violence and Injury in Marital Arguments: Risk Patterns and Gender Differences. American Journal of Public Health [Internet]. 1996 [cited 2011 June 25]; 86(1): 34-40.

Xu X, Zhu F, O’Campo P, Koenig MA, Mock V, Campbell J. Prevalence of and Risk Factors for Intimate Partner Violence in China. American Journal of Public Health [Internet]. 2005 [cited 2011 June 25]; 95(1):78-85. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1449856/

Heise L, Ellsberg M, Gottemoeller M. Ending Violence Against Women. Population Reports. 1999 Dec; 27 (04): 1-44.

Publicado

2016-07-07