Envelhecimento no Brasil: da formulação de políticas à estruturação de serviços de saúde integrais

Autores

  • Carla Targino Bruno dos Santos Professora Assistente do Departamento de Enfermagem da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v8i1.1454

Resumo

O objetivo desse texto é contribuir para a compreensão do perfil epidemiológico brasileiro e sua demandas para o Sistema Único de Saúde (SUS), a partir da transição demográfica a qual passamos. Pretende-se discutir as repercussões da inversão da pirâmide etária no perfil epidemiológico, bem como na procura e oferta de serviços de saúde, e na formulação de políticas sociais e de saúde para a população idosa no Brasil. Destacam-se ainda as ideias e propostas acerca da mudança de um modelo assistencial medico-privatista para um modelo centrado nas necessidades do usuário, bem como de uma assistência à saúde organizada para atender às condições episódicas e reativas à estruturação de serviços de saúde integrais, que atendam as condições crônicas e aos idosos deste país.

Biografia do Autor

Carla Targino Bruno dos Santos, Professora Assistente do Departamento de Enfermagem da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília

Professora Assistente do Departamento de Enfermagem da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília

Downloads

Publicado

2014-03-29