Assistência Farmacêutica no SUS: avanços e desafios para a efetivação da assistência terapêutica integral

Autores

  • Noemia Tavares
  • Rafael Pinheiro

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v8i1.1452

Resumo

Diante das transformações ocorridas nas últimas décadas na Assistência Farmacêutica no SUS, reconhecem-se os avanços da organização e implementação da política de acesso a medicamentos no país e a importância do seu papel no setor produtivo, na inovação e no desenvolvimento tecnológico e como insumo essencial à produção de serviços de saúde. Porém, desafios precisam ser superados, dentre eles, a integração das ações e serviços da Assistência Farmacêutica no modelo proposto para reestruturação do SUS, tendo como objeto não mais somente o medicamento como insumo essencial, mas a sua relação com o usuário, na busca da efetivação da assistência terapêutica integral aos usuários do SUS.

Biografia do Autor

Noemia Tavares

Professora Adjunta do curso de Famácia da Universidade de Brasilia -UNB . Doutorado em Epidemiologia pelo Programa de Pós Graduação em Epidemiologia da UFRGS/RS e mestrado em Ciências da Saúde pela FURG./RS (2006). Especialização em Farmacologia UFLA/MG (2000), Farmácia Hospitalar PUC/RS(2004) e graduação em Farmácia pela UFSM/RS (1995). Atuou como consultora do Ministério da Saúde no Departamento de Assistência Farmacêutica (DAF/SCTIE/MS). Tem experiência na área de Farmácia e Saúde Coletiva, com ênfase em Assistência Farmacêutica, atuando principalmente nos seguintes temas: farmacoepidemiologia, farmácia comunitária e uso racional de medicamentos.

Downloads

Publicado

2014-03-29