OS SERVIÇOS DE SAÚDE NAS TERRAS PANKARARU - Etnografia e Políticas
PDF

Como Citar

Athias, R. M., Oliveira, J. J. F. de, Prado, G. de J., & Silva, M. M. T. da. (2013). OS SERVIÇOS DE SAÚDE NAS TERRAS PANKARARU - Etnografia e Políticas. Tempus – Actas De Saúde Coletiva, 7(4), Pág.205-222. https://doi.org/10.18569/tempus.v7i4.1430

Resumo

Os métodos qualitativos vêm sendo crescentemente aplicados na pesquisa em saúde coletiva, dentre eles encontra-se a etnografia largamente desenvolvido pela antropologia. A construção de uma etnografia sobre os serviços de saúde na área indígena Pankararu teve como objetivo inicial o conhecimento da estrutura organizacional e de funcionamento do serviço de saúde na região, bem como de, ao longo de sua construção, identificar pontos de fortalecimento e entraves, que possam apoiar ações a nível micro e no macro sistema de saúde indígena, com vistas a estimular a melhoria e aperfeiçoamento permanente do serviço oferecido à comunidade Pankararu. Foi elaborada como parte do estágio Opcional em Saúde da População Indígena, por meio de uma parceria entre a Residência Multiprofissional em Saúde da Família da cidade do Salvador-Bahia e a Universidade Federal de Pernambuco. Foi desenvolvida no período de 2 meses, através da inclusão das Residentes nas Equipes Multiprofissionais de Saúde Indígena (EMSI), sendo realizada observação participante, além de disponibilizar alguns serviços à comunidade Pankararu, como: Educação popular em saúde, atendimentos individuais e em grupo, visitas domiciliares, capacitações, etc. Essa produção está subdividida em sete tópicos, como: Estruturação dos serviços de saúde na área Pankararu, as equipes, formação dos profissionais, programas de saúde na área Pankararu, dentre outros.
https://doi.org/10.18569/tempus.v7i4.1430
PDF