Envelhecimento populacional no contexto da Saúde Pública.
PDF

Como Citar

Gouveia, L. A. G. (2012). Envelhecimento populacional no contexto da Saúde Pública. Tempus – Actas De Saúde Coletiva, 6(4), Pág. 101-111. https://doi.org/10.18569/tempus.v6i4.1208

Resumo

Esta revisão teve como objetivo relacionar diversos assuntos sobre processo envelhecimento populacional, condições de saúde dos idosos e políticas públicas voltadas a esse grupo etário, a partir de dados da literatura científica. Foi realizado rastreamento literário sistemático abordando a temática no envelhecimento no contexto da saúde pública. Os resultados mostram que o fenômeno do aumento do número de pessoas idosas, está acontecendo nos últimos anos na maioria das sociedades do mundo e em geral, as doenças dos idosos são crônicas e múltiplas, perduram por vários anos e exigem acompanhamento constante. Dessa forma, surgem desafios para a Saúde Pública, como fortalecer as medidas destinadas à proteção dos idosos como cidadãos e as práticas de prevenção e promoção da saúde, especialmente aquelas voltadas para os idosos. Conclui-se que o envelhecimento populacional exige planejamento, pois, pode afetar o crescimento econômico e muitas outras áreas, incluindo a sustentabilidade das famílias, a capacidade dos estados e comunidades de prover recursos para os cidadãos idosos e, até mesmo, as relações internacionais. Além disso, é de extrema importância a construção de políticas efetivas que garantam e protejam as pessoas idosas, reduzindo as desigualdades e colocando o envelhecer com saúde como um direito.
https://doi.org/10.18569/tempus.v6i4.1208
PDF