Inovações tecnológicas no setor saúde e aumento das cargas de trabalho

Autores

  • Denise Elvira Pires de Pires
  • Letícia de Lima Trindade
  • Eliane Matos Matos
  • Eliana Pinho de Azambuja
  • Ana Maria Fernandes Borges
  • Elaine Cristina Novatzki Forte

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v6i2.1113

Resumo

Pesquisa qualitativa realizada em cinco hospitais, Brasil e Holanda, entre 2003 e 2009, com objetivo de analisar a influência das inovações tecnológicas nas cargas de trabalho dos profissionais de saúde focalizando os aspectos que provocam aumento das mesmas. A amostra foi constituída por 63 profissionais de saúde e os dados obtidos e analisados pela triangulação de métodos, utilizando como suporte o software AtlasTi e a teorização do processo de trabalho e saúde do trabalhador. As principais causas/fontes de aumento das cargas de trabalho foram: o momento da implantação das novas tecnologias; o sentido político da inovação quando orientado para redução de custos; o modelo gerencial não participativo; as fragilidades/problemas nas condições de trabalho e a falta de treinamento para a utilização das inovações. Conclui-se que estes fatores podem contribuir para a produção da saúde ou do desgaste dependendo da forma como o trabalho é gerenciado, dos valores orientadores das instituições, da participação dos trabalhadores no processo e das condições de trabalho.

Downloads

Publicado

2012-04-30