Fissuras orofaciais: revisão da literatura
PDF

Como Citar

Rosa, Ângelo C., & Serra, C. G. (2011). Fissuras orofaciais: revisão da literatura. Tempus – Actas De Saúde Coletiva, 5(3), pg. 123-130. https://doi.org/10.18569/tempus.v5i3.1048

Resumo

As fendas orofaciais são defeitos congênitos maiores e mais comuns em seres humanos. Não há uma etiologia definida para as fissuras, mas estas ocorrem em nível embriológico. O tratamento requer uma equipe multidisciplinar composta de profissionais de outras áreas da saúde, como: médicos, dentistas, psicólogos, fonoaudiólogos, etc. Este trabalho tem por objetivo apresentar uma revisão de literatura sobre o tema, buscando um entendimento multidisciplinar para o dentista conhecer as participações de outros profissionais em relação à atenção integral à saúde desses pacientes, e ainda entender e refletir sobre sua própria atuação.
https://doi.org/10.18569/tempus.v5i3.1048
PDF