Resumos do 1º Simpósio Internacional de Práticas Integrativas e Complementares Baseadas em Evidências.

Autores

  • Dâmaris Silveira Universidade de Brasilia - UnB
  • Yris Maria Fonseca Universidade de Brasília.

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v9i1%20-%20s.1677

Resumo

Os pontos mais críticos referem-se à 1) formação de profissionais da área da Saúde aptos a atuarem quer como prescritores, quer como executores das PIC; 2) capacitação dos profissionais que já atuam nos serviços de saúde, principalmente aqueles que prescrevem; e, por fim, mas não menos importante, 3) buscar e publicar as evidências científicas e/ou clínicas das práticas integrativas e complementares utilizadas, fortalecendo aquelas com evidências estabelecidas e descartando aquelas que porventura não apresentem evidências de eficácia, segurança e qualidade, 4) substituição do preconceito contra as PIC, por parte de alguns seguimentos da Academia, pela curiosidade científica que leve à pesquisa em busca de evidências que corroborem ou refutem a utilização de determinadas práticas.

Biografia do Autor

Dâmaris Silveira, Universidade de Brasilia - UnB

Possui graduação em Farmácia e Bioquímica - hab. Indústria pela Universidade Federal de Ouro Preto (1986), mestrado e doutorado em Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (1993 e 1999). É professora associada na Universidade de Brasilia (UnB) e credenciada em 2 Programas de Pós-Graduação (Ciências Farmacêuticas e Ciências da Saúde), com colaboração com pesquisadores de diversas universidades brasileiras. Atualmente é representante da Society of Pharmaceutical Education & Research (SPER) no Brasil e participa de câmara técnica da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF). Atua em Comissões Editoriais de diversos periódicos científicos. Tem experiência na área de Farmácia, com ênfase em Farmacognosia, atuando principalmente nos seguintes temas: fitoquimica, atividades biológicas, etnofarmacologia, regulação de medicamentos fitoterápicos.

Yris Maria Fonseca, Universidade de Brasília.

Possui graduação em Farmácia pela Universidade José do Rosário Vellano (2003), mestrado (2007) e doutorado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de São Paulo (2010). Pós-doutora pela Universidade de São Paulo (2011). Tem experiência na área de Farmácia, com ênfase em Análise e Controle de Medicamentos Fitoterápicos e cosméticos, atuando principalmente nos seguintes temas: fitoterápicos, fotoquimioprevenção, avaliação da eficácia antioxidante, avaliação de toxicidade em cultura de células, atividade antiinflamatória e analgésica de produtos naturais, estudos de estabilidade, desenvolvimento de métodos analíticos e estudos de permeação, retenção e liberação cutânea

Downloads

Publicado

2015-07-27